PS saúda ação do Governo na Graciosa e lamenta criticas do PSD/Açores

800px-Santa_Cruz_Graciosa_Azores_seen_Monte_da_AjudaO secretariado do Partido Socialista da ilha Graciosa regozijou-se, hoje, pelos resultados obtidos na visita estatutária do Governo dos Açores à ilha, lamentando as as “críticas do costume” do PSD.

Num comunicado remetido às redações, o PS/Graciosa salienta “as medidas tomadas em Conselho de Governo especificamente para a Graciosa”, tais como os apoios às instituições particulares de solidariedade social, quer para desenvolvimento de projetos, como o `Envelhecer com Dignidade´ ou aumento do valor para a creche `O Balão´, quer a atribuição de apoio para recuperação de habitações da Junta de Freguesia de Guadalupe e da Junta de Freguesia de Santa Cruz, passando pelo apoio para o funcionamento do Pólo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género.

Relevam, ainda, o apoio à Casa do Povo de Guadalupe para a reconstrução de parte da sua sede danificada por um incêndio, o início dos procedimentos para projetar diversas obras na rede viária regional e intervenções em diversos caminhos agrícolas.

No entender dos socialistas, o PSD “andou ausente nesta visita, mas de longe desferiu, mais uma vez, as críticas do costume para confundir as pessoas, mas, novamente, sem qualquer sentido”.

“O PSD confunde projetos com obras adjudicadas. Sim, a obra da Barra já está adjudicada e vai ser uma realidade dentro de dias. A obra do Cais da Calheta também já foi adjudicada. O concurso para a construção do Matadouro também já está concluído, faltando apenas o visto do Tribunal de Contas. O Porto Afonso já tem o seu projeto pronto e vai ser lançada a empreitada para a sua recuperação, o mesmo acontecendo com a requalificação da muralha da Praia”, referem.

Sobre as Termas do Carapacho, o PS admite que “foi uma obra que correu mal”, mas “exige a sua total recuperação” para colocar aquela infraestrutura “ao serviço dos Graciosenses e das pessoas que nos visitam”.

“Enquanto o PSD se entretém a deitar abaixo, o Partido Socialista canaliza todos os seus esforços para dar trabalho aos que não têm emprego, a dotar de condições as habitações degradadas e a apoiar os que mais precisam. É este o nosso caminho”, concluem.

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

GI PS/+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s