Desafios da Agricultura nos Açores “serão vencidos com o trabalho e esforço de todos”

CordeiroO presidente do Governo garantiu, em Angra do Heroísmo, que o executivo regional está a mobilizar todas as suas competências e todos os seus recursos na criação das condições necessárias para que a Agricultura vença os desafios com que está confrontada, manifestando-se confiante que isso será possível com o esforço e o trabalho das entidades públicas e privadas.

“O facto de mobilizarmos todas estas competências e todos estes recursos não quer dizer que as dificuldades desapareçam, quer dizer, isso sim, que o Governo está ao lado de todos os produtores agrícolas e do setor leiteiro para ultrapassar este momento de maior dificuldade que se vive na Região e que, na ilha Terceira, assume particularidades e contornos muito especiais”, afirmou Vasco Cordeiro.

O presidente do Governo, que falava na inauguração das novas instalações da Cooperativa Frutercoop, salientou que este investimento superior a três milhões de euros constitui, também, a expressão prática do cumprimento de um desígnio regional assumido nesta legislatura.

“A necessidade de criarmos as condições, não apenas para, com os nossos recursos próprios, podermos reduzir importações, mas também incentivar as produções regionais para transformá-las num setor de exportação”, frisou Vasco Cordeiro.

Para isso, o Governo dos Açores, além de disponibilizar um conjunto de mecanismos, como o POSEI e o sistema de incentivos de apoio aos transportes, conta também com a parceria de instituições privadas e cooperativas para o cumprimento final deste objetivo.

“É nesta união que se estabelece, a cada momento, entre as entidades públicas e a iniciativa privada, disponível para aderir aos incentivos e aos apoios existentes, que reside a razão deste progresso e desta evolução que, nos mais variados setores, temos verificado no setor agrícola”, destacou Vasco Cordeiro.

Na sua intervenção, o presidente do Governo salientou, por outro lado, que a Agricultura dos Açores está confrontada com grandes desafios, apontando o exemplo do setor leiteiro, em particular.

“Nós não podemos ignorar estes desafios, no sentido de mobilizar todas as nossas competências e todos nossos recursos para ultrapassar este momento de dificuldade”, preconizou Vasco Cordeiro, recordando que o Governo já implementou um conjunto de medidas específicas, como a antecipação do pagamento de prémios comunitários, aproveitando as possibilidades abertas pela Comissão Europeia, o que permitiu injetar cerca de 54 milhões de euros na economia, assim como o aumento do prémio à vaca leiteira em ilhas que estão a ser particularmente atingidas por esta situação.

Vasco Cordeiro salientou ainda as medidas estruturais que também têm sido desenvolvidas, como os investimentos públicos no reforço do abastecimento de água e energia às explorações e o melhoramento nos caminhos agrícolas em toda a Região.

“Este não é um momento isento de dificuldades, mas o percurso da Agricultura açoriana, seja no âmbito da horto-fruticultura, seja na produção de leite e carne, nunca foi feito sem desafios”, recordou o presidente do Governo, manifestando esperança e confiança de que também vai ser possível vencer os atuais desafios.

 

 

 

Foto: JAR

GaCS/+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s