Nova Central de Deslocação de Doentes virá “agilizar” situação de mobilidade

Luísa Melo AlvesA presidente indigitada do conselho de administração da Saudaçor afirmou hoje, na Terceira, que o objetivo da criação da nova Central de Deslocação de Doentes será a agilização das situações de mobilidade dos utentes do Serviço Regional de Saúde.

“O objetivo é o utente e agilizar, em tempo útil, a prestação dos cuidados que motivaram a deslocação”, afirmou Luísa Melo Alves, à saída da audição na Comissão Parlamentar de Assuntos Sociais, em Angra do Heroísmo.

Segundo a gestora, isto virá possibilitar que o utente tenhas as consultas programadas, os meios complementares de diagnóstico necessários e novamente a consulta, em função desses resultados, minimizando o seu tempo de deslocação.

Com isto, a Saudaçor pretende que os utentes tenham o atendimento melhorado, com maior eficácia, e com redução de custos.

Com todo este processo, a empresa pública terá acesso à informação de todos os hospitais e centros de saúde, disponibilizando uma informação transversal, a todo o sistema regional de saúde.

Relativamente à dívida da Saudaçor, e aos mais recentes avales concedidos pelo Governo Regional, Luísa Melo Alves referiu que as últimas negociações que têm sido realizadas têm por fim o melhoramento das condições dos empréstimos em curso, devido à existência de alguma dívida antiga.

Recorde-se que o último número apontado para a dívida da Saúde na Região ascende a mil e treze milhões de euros.

 

 

 

+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s