Dia Mundial da Floresta envolve mais de 2.100 participantes nos Açores

FlorestaO Governo dos Açores, através da secretaria regional da Agricultura e Ambiente, está a promover a realização de dezenas de ações no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Floresta, envolvendo mais de 2.100 participantes em todo o arquipélago.

As iniciativas incluem múltiplas ações de sensibilização destinadas especialmente aos alunos das escolas, como visitas a viveiros, palestras, ‘peddy-pappers’, plantação de endémicas e requalificação de recintos escolares com plantações diversas.

As ações de sensibilização, desenvolvidas pela direção regional dos Recursos Florestais em parceria com diversas entidades públicas e privadas, incluem a divulgação das Reservas Florestais de Recreio, da flora e da floresta endémicas e, ainda, das áreas de intervenção dos Serviços Florestais de Ilha.

Na segunda-feira, 21 de março, data em que se assinala o Dia Mundial da Floresta, destacam-se as atividades dirigidas ao público em geral, como a exibição de um filme no Museu e Auditório Municipal de Santa Cruz das Flores sobre o tema “ Proteger a florestas é valorizar a vida”.

Nesse dia, na ilha Terceira, poderá ser visitada na Praça Velha, em Angra do Heroísmo, uma exposição representativa das florestas de produção e de endémicas, enquanto no Pico vai decorrer um convívio com idosos desta ilha na Reserva Florestal de Recreio de Santa Luzia.

Em S. Miguel, numa organização conjunta com a Junta de Freguesia dos Arrifes, no concelho de Ponta Delgada, terá lugar uma ação de sensibilização com a distribuição de plantas endémicas a 200 crianças dos centros de atividades de tempos livres (ATL).

Neste dia reabre ao público o Pinhal da Paz, depois das obras de recuperação dos estragos provocados pelas intempéries de dezembro, promovendo o Governo dos Açores nesta Reserva Florestal de Recreio a realização de uma sessão de esclarecimento dirigida a todos os agentes da fileira e do setor da construção civil, sobre a ‘Bolsa de Prestadores de Serviços em Áreas Florestais’ e a ‘Integração da Madeira de Criptoméria na Norma Portuguesa EN 1912’.

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

GaCS/+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s