Tempo de “limpar e recuperar” dos estragos do temporal nos Açores

Vasco CordeiroO presidente do Governo afirmou que, após o mau tempo que afetou hoje algumas ilhas dos Açores, será agora necessário proceder ao apuramento rigoroso dos prejuízos causados pelo vento forte e pela agitação marítima e partir para a fase seguinte, de limpeza e recuperação dos estragos.

“Com esta acalmia que se espera nas próximas horas, há todo um trabalho de apuramento mais detalhado da dimensão dos prejuízos, de arregaçar as mangas e partir para a fase seguinte, a de limpeza e de recuperação destes prejuízos”, afirmou Vasco Cordeiro aos jornalistas.

O Presidente do Governo falava na freguesia da Ribeira Quente, numa final de uma ronda que fez, acompanhado pelos secretários regionais do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, e do Mar, Ciência e Tecnologia, Fausto Brito e Abreu, pelos concelhos da costa sul da ilha de São Miguel, onde se inteirou dos estragos causados ao longo do dia.

Após ter visitado as zonas afetadas em Ponta Delgada, na Lagoa, em Vila Franca do Campo e na Povoação, Vasco Cordeiro adiantou que, para já, há circunstâncias que impedem o apuramento da totalidade dos prejuízos, caso da situação no molhe do Porto de Ponta Delgada e, também, de outros portos de pesca da ilha de São Miguel.

“Do ponto de vista de situações mais complicadas, registaram-se, fundamentalmente, nos concelhos de Ponta Delgada e da Lagoa, em que houve inundações de alguma gravidade em habitações”, disse o Presidente do Governo, salientando que os serviços de Habitação e de Ação Social estiveram, ao longo do dia, a acompanhar estes casos.

“Há a registar, não apenas em São Miguel, mas também em outras ilhas, alguns danos em coberturas de edifícios, caso de escolas”, acrescentou.

Vasco Cordeiro salientou, por outro lado, que o Primeiro-Ministro e a Ministra da Administração Interna tomaram, na noite de domingo, a iniciativa de contactar telefonicamente o Governo dos Açores, inteirando-se dos preparativos que estavam a ser desenvolvidos aos vários níveis.

“Ao longo do dia, mantive-me em contacto com o Primeiro-Ministro, António Costa, e tenho a registar essa atitude de solidariedade nesta hora de maior dificuldade”, frisou Vasco Cordeiro.

 

 

 

Foto: GRA

GaCS/+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s