António Ventura entende que Passos Coelho “merece ganhar com maioria”

ANTONIO VENTURA Passos Coelho fotoO candidato do PSD/Açores à Assembleia da República afirmou hoje que o atual primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, “merece ganhar as eleições do próximo domingo. E merece ganhar com maioria”, frisou António Ventura.

O social democrata lembrou que “foi o governo de Pedro Passos Coelho que tirou Portugal da bancarrota, permitindo que fossemos novamente um país com dignidade, credibilidade e confiança. Um país em crescimento”, disse.

“Agora, que o país está melhor e que o mais difícil está feito em Portugal, é preciso dar uma vitória com maioria também açoriana, permitindo que Passos Coelho governe com estabilidade nos próximos quatro anos”, explicou António Ventura.

O candidato lembrou que “as exportações estão a crescer, aliás há mais de 70 anos que Portugal não tinha uma balança comercial positiva, assim como os números do turismo batem novos recordes, o índice de confiança dos portugueses atingiu o seu valor mais elevado desde 2001, o desemprego desceu, o PIB continua a registar aumentos e os juros da dívida pública renovaram em mínimos históricos”, sublinhou.

E acrescentou que foi Pedro Passos Coelho “a permitir a baixa dos impostos para os açorianos, a permitir a liberalização do espaço aéreo de São Miguel e da Terceira, e a assumir a atribuição de um regime fiscal próprio para o Porto da Praia da Vitória”.

“Foram quatro anos de muitas dificuldades, mas nos próximos quatro vamos poder viver melhor”, perspetivou António Ventura, para quem “seria uma injustiça não deixar Pedro Passos Coelho governar fora da crise e dos sacrifícios dos portugueses. Até porque o programa do PS é muito arriscado, como bem disse Teixeira do Santos, ex-ministro de José Sócrates”, adiantou.

“Não nos podemos deixar enganar com promessas de que tudo é possível, pois trazem sempre consigo novos sacrifícios. E pior do que sofrermos é termos de passar outra vez pelo mesmo”.

O candidato defende que “voltar a ter a troika em Portugal não é aceitável para um Estado soberano. E a solução passa por uma política de responsabilidade, evitando-se o artificialismo, a imprudência e a dependência”.

“Pedro Passos Coelho é um patriota e devolveu-nos o orgulho de sermos Portugueses”, concluiu António Ventura.

 

 

Foto: PSD Açores

GI PSD/+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s