Centristas madeirenses querem “união de esforços” com açorianos

Funchal 18/10/2011 -José Manuel Rodrigues vice-presidente do CDS-PP e líder do PP na Madeira.

O presidente do CDS-PP/Madeira apelou hoje no Pico à aproximação entre as duas regiões autónomas portuguesas de forma a “defenderem juntas” os seus interesses “numa futura revisão constitucional”.

Sublinhando que a autonomia “nunca é um direito adquirido” e que “é preciso garantir sempre as posições” dos Açores e da Madeira junto do Estado português e da União Europeia, José Manuel Rodrigues apelou à união de esforços.

“Temos de novo de unir esforços para que numa futura revisão constitucional se possa ir mais longe” e aprofundar a autonomia da Madeira e dos Açores, reforçar a solidariedade nacional “com os portugueses insulares”, conseguir uma nova lei das finanças regionais, abrir a possibilidade de sistemas fiscais próprios nos arquipélagos e obrigar o Estado a cumprir o princípio da continuidade territorial, afirmou.

José Manuel Rodrigues falava no IX Congresso Regional dos CDS-PP/Açores, que está a decorrer na Madalena, ilha do Pico.

“Quando a Madeira e os Açores estiveram juntos no passado, a reclamar mais autonomia na revisão constitucional, juntos fomos mais longe nas nossas aspirações e conquistámos mais autonomia junto do poder central”, vincou, lamentando que nos últimos anos, os dois arquipélagos tenham estado “de costas voltadas por politiquices partidárias de dois governos [regionais] que se deviam entender”.

A nível de Bruxelas, o líder do CDS-PP da Madeira considerou que é preciso que o estatuto de regiões ultraperiféricas se traduza em políticas e medidas específicas para os territórios insulares portugueses. Considerou ainda que Açores e Madeira devem aproximar-se, juntos, dos outros arquipélagos da Macaronésia e aproveitar todas as potencialidades que serão criadas no atlântico se a União Europeia assinar um acordo comercial com os Estados Unidos da América que está a ser negociado.

José Manuel Rodrigues defendeu, neste contexto, “o regresso das cimeiras insulares” entre os executivos e os parlamentos dos Açores e da Madeira.

 

 

Foto: Direitos Reservados

NAM/+central

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s